2 junho

Alternativa para egressados

Fundação Nosso Lar

Professor de educação física, Wilson Santos saiu de um abrigo e viveu por três anos em uma república (Foto: Arquivo Pessoal)

Professor de educação física, Wilson Santos saiu de um abrigo e viveu por três anos em uma república (Foto: Arquivo Pessoal)

República é alternativa para jovem que faz 18 anos sem conseguir adoção. Organizações e prefeituras montam núcleos para recebê-los.


Wilson Santos superou o drama que todo adolescente que vive em abrigos e completa 18 anos precisa enfrentar. Hoje formado em educação física, o professor de 29 anos não conheceu os pais, foi menino de rua e passou três anos internado na Febem até ser transferido para o abrigo Liga Solidária, em São Paulo, quando tinha apenas nove anos. Ali, ele passou toda a adolescência até fazer 18 anos e ser obrigado a deixar a instituição.

Com a maioridade, os jovens moradores de abrigos já são considerados independentes e aptos a viver por conta própria, mesmo quando não possuem capacitação profissional. Além da falta de apoio financeiro, eles são abalados pela ruptura repentina do convívio com os funcionários e colegas do abrigo.

Mas como iniciar uma vida independente com apenas 18 anos, um histórico de abandono familiar, baixa escolaridade e sem dinheiro até para se alimentar? Para não deixar desamparados esses garotos, em 1998 a direção do Liga Solidária organizou com recursos próprios uma república que funcionava em uma casa alugada na Zona Sul de São Paulo.

Leia reportagem na íntegra

2 comentários para “Alternativa para egressados”

  1. Helena disse:

    Boa noite!
    Sou Estudante de Serviço Social,estou cursando o ultimo semestre e o meu Trabalho de Conclução de Curso é a respeito da Republica Jovem,gostaria muito de conversar com o Jovem Wilson Santos mais não consegui localiza-lo nas redes sociais,se possível me passem o contato dele ou peçam para que ele entre em contato,acredito que esse trabalho é de extrema relevancia e que pode ser util para muitos jovens que se encontram na mesma cituação.
    Obrigada!

  2. OI Helena. De que cidade você é…poderia dar mais detalhes desse jovem.. Ele é de Foz do Iguaçu/PR…
    Abraços

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.